Home About me Ask me tumblr meus textos
Rock 'n' Roll Stuff
Now and then i'll try to find a place in my mind, where you can stay, you can stay awake forever. How do I live without the ones I love, time still turns the pages of the book it's burn. Place and time always on my mind, I have so much to say but you're so far away.






-J… Jimmy? - eu indaguei, gaguejando.
Coitadinho do Jimmy, levou um susto tão enorme que caiu do sofá, jogando cobertor e travesseiros no chão. Com olhos assustadora e ameaçadoramente arregalados, ele me fitava, perplexo e paralisado. Por fim, conseguiu balbuciar:
- An… Annabelle?
- Certo, James. - eu disse, irônica, pois nenhum de nós dois gostava de seu próprio nome.
- O que você está fazen… Não, primeiro, por que você veio? Desistiu de me odiar? Cansou?
- Jim, eu nunca te odiei. E eu vim aqui para te pedir desculpas pela maneira como te tratei há pouco - nisso, eu já havia começado a chorar e pretendia usar minhas lágrimas a meu favor - Olhe para mim, por favor! Como acha que me senti? Bem? Feliz? Errado, Jimmy, eu me senti e continuo me sentindo mais triste do que nunca… Quero dizer, olhe para o meu rosto, ou o que sobrou dele, está inchado e vermelho, de tanto chorar! - ao falar isso, me aproximei dele e gentilmente pus minhas mãos sobre seus ombros - Me desculpe, mas eu não consegui ficar longe de você. Você é o meu Jimmy, sempre foi, eu… - eu dei uma risadinha nervosa - eu sempre lhe chamei desse jeito, mentalmente, e você nem sabe…
- Anna… Anna, minha Anna! - foi lindo ver seu já belo rosto iluminar-se de felicidade, seus olhos se acenderem, se tornarem mais vivos e brilhantes, mas o melhor de tudo foi ver novamente o sorriso perfeito dele, sobretudo por saber que fora eu quem o tivera causado.
Mal consegui terminar de pensar isso, Jimmy já me envolvia num abraço forte, intenso, como se não me visse há dez anos e estivesse morrendo de saudades. Bem, para falar a verdade, eu retribuí o abraço de urso dele por vontade própria, não porque quisesse ser recíproca, só pra agradá-lo e blablablá.
Eu ainda estava aninhada nos braços do meu Jimmy quando a porta da tal “salinha da depressão”, como eu mentalmente a chamava, se abriu, revelando-nos ninguém mais, ninguém menos do que sua assustada mamãe, que disse:
- Ah, er… Uau! Vocês não tinham… Ah, deixa pra lá. E desculpem-me por interrompê-los. - fechou a porta e saiu, acredito eu que correndo.
Acho que era impossível distinguir qual de nós dois havia ruborizado mais ao escutar essas palavras.
- Er… - nós dois começamos a dizer, juntos, e rimos.
Rir e me divertir com meu melhor amigo, Jimmy, era a melhor sensação que eu já tinha experimentado na minha vida inteira! Caramba, eu nunca estivera tão absurdamente feliz…
Meus pensamentos foram interrompidos pelo som da voz de Jimmy:
- Anna, você sabe por que a minha mãe achou que nós dois estivéssemos, er… nos beijando?
- O.. O quê? - eu nem me lembrava daquele pequeno “incidente” - Quero dizer: não, não sei. Por quê?
- Ela… ela sabe. - dava para ver o quão difícil era para Jimmy falar sobre aquele tal assunto.
Eu tentei encorajá-lo:
- Sobre o quê ela sabe?
- Anna, quanto tempo faz que nos conhecemos? - pelo menos até então, essa pergunta não fazia o menor sentido.
- Fazem… - eu não me lembrava muito bem, mas tentei fazer uma estimativa - Fazem uns oito anos.
- É. E já fazem oito anos que a única menina com quem eu converso é você. Oito anos que a única para quem eu olho é você.
- Jimmy, eu… - eu precisava dizer alguma coisa, mas as palavras pareciam fugir de mim.

— Annabelle Chambers, eu amo você. Há oito anos. (via reclus-a)

(via vittorioslipknot)


17/10/2012 às 3:43pm - 3 notes | (reblogue this fucking post !)


15/10/2012 às 3:02pm - 125 notes | (reblogue this fucking post !)

(Source: m-o-n-o-l-i-t-h, via afflejack)


20/09/2012 às 10:04pm - 4,004 notes | (reblogue this fucking post !)

imaslytherinbitch:

Sassy Harry is sassy.

(Source: sassy-damon, via expectotargaryen)


20/09/2012 às 10:01pm - 39,689 notes | (reblogue this fucking post !)

(via rafabeker)


20/09/2012 às 10:00pm - 451 notes | (reblogue this fucking post !)


20/09/2012 às 10:00pm - 29,811 notes | (reblogue this fucking post !)

E ainda não sei porque existo.

(Source: estagnou)

29/08/2012 às 5:14pm - 24 notes | (reblogue this fucking post !)

When I was a child, I caught a fleeting glimpse
Out on the corner of my eye
I turned to look, but it was gone
I cannot put my finger on it now
The child is grown
The dream is gone.

— Pink Floyd - Comfortably Numb

29/08/2012 às 4:57pm - 0 notes | (reblogue this fucking post !)


7/07/2012 às 10:35am - 362 notes | (reblogue this fucking post !)
checkitout9861:

Give me your nose!


7/07/2012 às 10:34am - 17 notes | (reblogue this fucking post !)
1 2 3 4 5 6 »